Maria Fernanda

Quero brindar a arte, ao poeta, ao amor. Se fosse uma pintora, pintaria o sorriso do mundo em plena harmonia, a beleza das ondas do mar abraçando vivências, maestro de música delicada e forte, depende do jeito que se escuta. Olhar a grande tela da vida e constatar o surreal, que é essa beleza real que agraciados fomos em ter. Grito a liberdade de abrir mundos, lugares, pessoas, e nessa mesma liberdade brilha o sol, fica azul o céu e o mar. Esse oceano beleza que gera, que move, que traz e que leva. Me segura com seu jeito corajoso em teus braços, me pega de um jeito que a alegria se encaixe. Quero minha vontade de sentir essa audácia e jogar pra fora no teu ritmo, nas tuas asas, meu brinde. Obrigada a cada um que faz comigo a poesia mais linda desse mundo. A poesia da a m i z a d e! ♥ PS: Um brinde com suco de uva. ✿Maria Fernanda✿

o amor é um elo

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

É o amor chamando lá fora. - (Sábado, 8 de outubro de 2011)


Lembranças lindas
Hoje o dia foi intenso,
Lembrei de ti.
Então percebi que a alegria é um cartão postal,
E passeia nos lugares para alargar sorrisos.
O tempo levou todos os exemplos e eu nem percebi.
As pequenas coisas têm um grande significado.

Mas por onde anda minha poesia?
Deslizou de meus dedos apenas a vontade.
Olhei para a noite vestida de nuvens no céu.
E percebi que os caminhos sempre estarão presentes, nunca terminam.
Hoje deu vontade de colo, então corri para o colo de minha mamãe.
Abracei, beijei, falei de amor e depois me deixei ninar.
Olhei na janela, queria ver o descuido do sol no tempo.
Como esbraseou esse danadinho hoje.

Mas amanhã é domingo, dia de acordar mais tarde, êba!
Lembrei do que Sandra me disse: “Quando você passa o Antonio te segue com o olhar.
Ainda bem que as pernas dele "pensam" e ficam sem imitar os olhos hem”?
Eu sorri...

Ela - O que faria Felipe?
Eu - Especifica.
Ela - Sei não... Você não acha irrupção?
Eu - Do lado de fora muitas coisas acontecem, há o direito de ir e vir. Vai ver ele escolheu a melhor parte.
Ela - Convencida! Rsss.
Eu - A amizade precisa correr o mundo moça! Julgar é feio.
Ela - Você é uma figura Fernanda.
Risos...
Eu - Escuta, é o amor chamando lá fora. Deixa eu ir namorar.


M. Fernanda
Imagem: Minha



14 comentários:

  1. Que lindo ! E o amor parece mesmo nos chamar! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Se o amor chama, não hesites.
    Um texto excelente com memórias passadas e presentes.
    Uma boa semana, Fernanda.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para o amor precisamos sempre estar com os braço abertos rsrsrs
      Obrigada Graça beijinho

      Excluir
  3. Que lindo, e quantos afetos você recordou nesse poema? Como é bom olhar para o passado e constatar que fomos felizes!
    Beijo, querida Fernanda, feliz semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Taís.
      Sim concordo contigo. por isso o olho sempre.

      Beijo querida Taís

      Excluir
  4. Oi, Fê!
    Eu sinto algo tão maravilhoso toda vez que leio algo teu!
    Não sei o porquê, mas ainda não consigo visualizar quando posta algo novo em seu blog!

    Não desiste de mim, ok? Haha.

    Beijo grande! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi menina!
      É que teu coraçãozinho é lindo e bondoso d+ obrigada.
      Também não sei Na.
      Talvez seja alguma configuração minha , não percebo muito bem delas rsrsr.

      Jamais desistirei de você! E como posso? Parece que te conheço de outros tempos, viu? "Haha"

      Outro maior ainda!

      Excluir
  5. É o amor chamando lá fora e talvez lá dentro, querida!

    Tudo o que escreves, vira poesia! Que sejas mto feliz! Tu mereces!

    Beijos, mocinha linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Risos...
      Céu és um encanto, brigada.

      Beijos querida

      Excluir
  6. Retornando de um tempo de descanso aqui venho para encontrar, como sempre, uma linda página.
    Beijos. Élys.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu querido amigo Élys, espero que tenha descansado bastante.
      Que bom que já estais conosco.
      Beijo querido.

      Excluir
  7. Pois é Fernandinha, que ouve as voz do amor saber encontrar a poesia que vem iluminada deste Céu lindo que seus olhos bem captaram e registraram.
    A saudade que vem e fica e faz carícias belas.
    Saudades de você e que Setembro floresça nos seus caminhos abençoados e iluminados pelos olhos do Pai.
    Tudo de bem menina.
    Bjs de paz no seu lindo coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah meu querido e muito querido Toninho, quanta honra te ter sempre aqui.
      Saudades de ti também! Muitas, muitas...
      Obrigada pelo carinho de sempre.

      Um grande abraço e um beijo bem estalado

      Excluir

Tenho olhado o tempo...
Quando estou tomando um café, ou na varanda.
Quando estou mergulhada nos livros, ou no trabalho.
Ele me diz: Paciência Fernanda.
Sim tempo, eu tenho paciência...

Fernanda Marinho